CINCO COISAS PARA MANTER EM MENTE EM 2018 QUANTO AOS CONSUMIDORES MILENIALS .

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

As preferências e os hábitos de gastos dos Millenials modificaram praticamente todos os aspectos do setor varejista. Aqui está um roteiro para atrair e manter clientes milenals, em cinco tópicos.

No. 1: eles gostam de um desconto

Se houver um cupom , os milenials vão encontrá-lo. E os descontos definitivamente influenciam a maneira como eles compram. Os dados de novembro de 2017 da CouponFollow descobriram que mais de oito em 10 milenials pesquisados disseram ter usado códigos de cupom nas compras on-line – e que costumavam usá-los com frequência. Os dados de pesquisa da YouGov espelham as descobertas do CouponFollow. YouGov revelou que quase um terço (34%) dos entrevistados procura cupons on-line semanalmente, e outros 40% o fazem com cupons impressos. Mas os milenials não estão apenas procurando um desconto por um par de sapatos que eles gostam. Eles também estão procurando ofertas em restaurantes também.

No. 2: não os chame de baratos – eles querem gastar

Enquanto pechinchas estão constantemente no horizonte para muitos milenials, eles também são gastadores quando se trata de determinadas compras. Uma pesquisa de August Bankrate.com, realizada por Princeton Survey Research Associates International, descobriu que quase sete em cada 10 milenials mais jovens provavelmente compraria pelo menos um item de grande valor – incluindo móveis, um computador ou um grande aparelho doméstico – no final do ano. E a pesquisa  da Deloitte, avaliando os milenials e compras de luxo, descobriu que muitos desses jovens consumidores relatam vários gatilhos que os motivam a fazer uma compra de luxo, como um grande dia de pagamento ou mesmo quando se sentem um pouco para baixo.

Nº 3: estão totalmente voltados  para a tecnologia e sua convergência com o varejo

Inteligência artificial, chatbots, dados importantes? Se eleva a experiência de varejo, então os milenials estão voltados para isso. Uma pesquisa realizada pela Salesforce, realizada no início deste ano, avaliou como os consumidores se sentiram em relação às tecnologias de compras que ajudam a simplificar a experiência do varejo. Na sua maioria, eles eram favoráveis, especialmente se eles pudessem receber ofertas personalizadas com base no seu histórico de compras. Em geral, os milenials eram mais otimistas quanto aos recursos tecnológicos do varejo do que seus correligionários mais antigos. E sejamos honestos, se alguém quiser comprar algo diretamente de um chatbot, serão os milenials.

No. 4: abacates para torradas de abacate? Adicionar ao carrinho

Um estudo da empresa Food Industry Institute (FMI) revela que, mais do que todas as faixas etárias, os milenials estão mais dispostos a usar lojas exclusivas online para suas necessidades de supermercado. Mais de quatro em 10 milenials disseram que compraram desta forma pelo menos ocasionalmente – essa é uma taxa quase 80% maior do que em 2015. Em contraste – e sem surpresa – os consumidores mais antigos, com idades 53 e mais velhos, eram menos propensos a fazer compras dessa maneira. Da mesma forma, uma pesquisa da Morning Consult descobriu que as pessoas mais jovens são consideravelmente mais propensas a usar um serviço de entrega de supermercado online.

No. 5: tudo se resume à conveniência

Seja para  inscrever-se em um serviço de assinatura para receber kit de refeição pronta, ou comprar algo online e ter a opção de devolvê-lo da forma mais fácil, ou ser capaz de scanear seus próprios produtos na loja e depois pagar por meio de um aplicativo, garantindo o processo de compra – assim como a experiência pós-compra – é valioso manter este público feliz.

 

Por: Rimma Kats  Fonte: eMarketerRetail