Notícias

E-mail continua a entregar ROI forte e valor para profissionais de marketing

E-mail continua a entregar ROI forte e valor para profissionais de marketing

Apesar  dos boatos sobre seu declínio nos últimos anos, o e-mail continua a ser um  canal em crescimento para os profissionais de marketing. No entanto, para que o  e-mail para continue  esse sucesso, os profissionais de marketing devem considerar como e por que o uso  do mobile, gera aumentos no volume  e frequência de mensagens, e na performance de impacto e relevância, como explorado em um novo relatório eMarketer, “E-mail Marketing Benchmarks 2016: Relevância, Frequência, entregabilidade e Mobilidade “.

Uma pesquisa de Junho de 2016 com  profissionais de marketing norte-americanos conduzida pela Direct Marketing Association (DMA) e pela Demand Metric  descobriu que o e-mail tinha um ROI médio de 122% – mais de quatro vezes maior do que outros formatos de marketing examinados, incluindo mídia social, mala direta e pesquisa paga .

Profissionais de agências e profissionais de marketing in-house em todo o mundo estão de acordo sobre a eficácia do e-mail, de acordo com uma votação realizada em março 2016 pela  Econsultancy. Ambos os grupos elegeram mais frequentemente o e-mail marketing como uma tática capaz de fornecer um ROI forte, em 80% e 73%, respectivamente. O estudo também descobriu que, enquanto os pesquisados alocaram uma média de 16% do seu orçamento total de marketing para enviar e-mail em 2016, o programa contribuiu para 23% do total das vendas, uma relação que indica ROI positivo de e-mail.

 

A receita de e-mail também tem melhorado ano a ano. Uma pesquisa do Relevancy Group patrocinado pela PostUp descobriu, em dezembro de 2015,  que 24% dos e-mail marketers dos EUA disseram que as iniciativas e-mail marketing foram responsáveis por mais de um quarto das suas receitas globais. Esta percentagem era acima de 13% no outono de 2013.

 

Aumentos no ROI têm sido associados com o tamanho crescente da base de usuários de e-mail e sua penetração no mercado. A eMarketer estima que haverá 240,1 milhões de usuários de e-mail nos EUA em 2016, representando cerca de 89,8% dos usuários de internet e 74,1% da população. Em 2020, esse número vai crescer para 258,9 milhões de usuários.

 

Embora seja verdade que o ROI do e-mail continua a ser elevado, os profissionais de marketing devem continuar a determinar a melhor maneira de medir efetivamente o desempenho dos seus programas, enquanto o público e as melhores práticas continuam a evoluir.

 

Uma pesquisa realizada em fevereiro de 2016 pela empresa Origami Logic perguntou aos profissionais de marketing na América do Norte como eles usaram sinais de marketing ou medições de desempenho. Quase um quarto dos entrevistados mede e analisa métricas de desempenho de e-mail semanalmente “que preenchem a lacuna entre dados brutos e insights.”; 26% o fizeram diariamente. Quase um terço somente rastreia até três sinais de marketing e um quarto rastreia de quatro a seis sinais de marketing diferentes.

 

A análise de todos os e-mails enviados a partir da plataforma do provedor de email Epsilon para os destinatários na América do Norte (Q1 2016) mostrou taxas de abertura em ascensão, em 33,3%  –  maior do que todos os trimestres desde Q1 2014. O Click trough (CTR), enquanto ainda no declínio geral, tem se recuperado ligeiramente desde Q4 2015, chegando a 3,4%. Mais interessante  foi notar a taxa de e-mails entregues, que está em 95,6%,  – a mais baixa taxa desde 2014. (Isto corresponde a uma taxa de rejeição de 4,4%).

Fonte: Emarketer

 

Outras Notícias

O QUE VOCÊ PODE FAZER PARA REDUZIR A INADIMPLÊNCIA

O QUE VOCÊ PODE FAZER PARA REDUZIR A INADIMPLÊNCIA

6 Dicas para obter seu primeiro Cartão de Crédito

6 Dicas para obter seu primeiro Cartão de Crédito

Aplicativo WayCard – conheça as suas funcionalidades e como ele pode ajudar o varejo

Aplicativo WayCard – conheça as suas funcionalidades e como ele pode ajudar o varejo