4 tendências no mercado de crédito

4 Tendências no mercado de crédito
Conheça as tendências no mercado de crédito, seus benefícios e como essa dinâmica afeta o setor de varejo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O mercado de crédito é um sistema financeiro em que acontecem os procedimentos de tomada e concessão de crédito, abrangendo os financiamentos ofertados tanto para a pessoa física como jurídica. Por isso, a importância de conhecer as tendências no mercado de crédito.

Geralmente, o processo para fornecimento de empréstimo envolve duas partes: os credores, que são as instituições responsáveis pela cessão, e os devedores, aqueles que assumem o compromisso de restituir a quantia segundo os critérios estabelecidos pela organização financeira. 

Entre as especificações do acordo, é possível destacar:

  • Valor do montante;
  • Período de duração: longo, médio ou curto prazo;
  • Taxas de juros;
  • Formas de liquidação;
  • Garantias.

É digno de nota que o mercado de crédito possui um papel fundamental na manutenção da economia de um país. Por exemplo, no caso das empresas, é muito utilizado para auxiliar na expansão das atividades comerciais. Já para a pessoa física, o benefício é o aumento do poder aquisitivo que pode se transformar na aquisição de um bem de consumo. 

O varejo pode aproveitar a oferta de empréstimos e financiamentos para conseguir aumentar o número de vendas e a rentabilidade do negócio. 

De acordo com os dados do Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC), a demanda por crédito no Brasil cresceu 33% no primeiro semestre de 2021 em comparação com o mesmo período de 2020. 

Sendo assim, vamos explicar quais são as previsões para o mercado de crédito em 2022 a fim de manter o seu comércio varejista alinhado às mudanças de cenários. 

Dica: 6 vantagens do cartão de loja para pequenos varejistas

Tendências no mercado de crédito

Conheça 4 tendências para o mercado de crédito e saiba como podem influenciar o seu estabelecimento comercial. 

1- Menor taxa de juros

É bem provável que você já tenha ouvido falar nas fintechs antes, já que o número desse modelo de negócio está em constante crescimento no Brasil. De acordo com o Distrito Fintech Mining Report 2021, atualmente, existem 1.158 startups financeiras no país. No qual, um total de 15% atua na modalidade de meios de pagamento e 13,6% em crédito.

Além disso, o relatório demonstra que essa categoria de empresa ainda é jovem no cenário brasileiro, já que aproximadamente 60% das instituições foram fundadas a partir de 2016. 

A tendência é que o crescimento das fintechs e seus serviços influenciem o modo de operação do mercado de crédito. Por exemplo, proporcionando taxas de juros menores para empréstimos. 

Um dos motivos para a redução é a atuação dessas empresas que ocorre no ambiente digital. Portanto, o custo de manutenção das operações é menor, visto que não é preciso gastar com infraestrutura física. Além disso, o uso de recursos tecnológicos permite a automatização de inúmeros processos, o que aumenta a produtividade e o lucro. 

Essas características fazem com que as fintechs ofereçam crédito com juros mais baixos, tornando-se mais atrativas para o consumidor, já que facilitam o pagamento da dívida.  

2- Big Data Analytics na concessão de crédito 

Outra tendência para o mercado de crédito é a utilização do Big Data, um grande conjunto de dados atualizados e variáveis que auxiliam na tomada de decisões assertivas. 

Antes de liberar o crédito, as instituições financeiras precisam avaliar o perfil do cliente com o objetivo de assegurar que ele cumpre com os critérios estipulados previamente para se qualificar para a concessão. Essa é uma tentativa de diminuir os riscos de inadimplência

As ferramentas de Big Data permitem que a organização cruze diferentes informações sobre o indivíduo e a decisão seja tomada em poucos segundos. 

3- Open Banking e democratização do crédito 

O Open Banking é uma medida elaborada pelo Banco Central (Bacen) para alterar o funcionamento do sistema de compartilhamento de dados financeiros, permitindo que diferentes bancos e instituições tenham acesso às informações monetárias de um indivíduo, desde que haja a permissão do titular. 

O intuito é reduzir a monopolização da prestação de serviços por parte dos grandes bancos, permitindo que o cliente ganhe mais poder de decisão e possa escolher visando os benefícios da solução para o seu problema. Isso é possível, porque a concorrência entre as organizações bancárias ficará maior.

A fim de não perder oportunidades de negócios, as instituições terão que repensar sua oferta de serviços, já que o consumidor não estará preso a um pacote pré-definido, mas poderá mesclar o uso de diferentes benefícios de vários bancos. 

Dica: Saiba o que é preciso para fazer uma boa gestão de cobrança

4- Concessão de crédito pelo varejo 

Outra grande tendência é a possibilidade de estabelecimentos varejistas concederem algum meio de crédito para os seus clientes. 

Grandes lojas, como a Renner e a Riachuelo, já trabalham usando diversas modalidades de crédito, como:

A expectativa é que a prática se estenda para os outros comércios varejistas de pequeno e médio porte, já que o público está constantemente buscando por empresas que forneçam esse tipo de serviço. 

Segundo o INDC, a demanda por crédito no varejo apresentou alta de 67% no primeiro semestre de 2021, quando comparado com o mesmo período de 2020. Já na comparação de junho de 2021 com o mesmo mês em 2020, o aumento foi de 85%

Portanto, disponibilizar formas de concessão de crédito é atrair um maior número de clientes para o negócio, o que resulta em mais faturamento para o lojista. 

Transforme sua empresa com a WayUp 

O mercado de crédito está em constante evolução, a tendência é que mais empresas, além dos bancos, disponibilizem diferentes modalidades de financiamentos para os clientes. 

Assim, com o aumento da concorrência, as condições de oferta se tornam mais acessíveis, por exemplo, com taxas de juros menores. Além disso, o consumidor ganha mais poder de decisão na hora de escolher uma solução financeira. 

Para os varejistas, a mudança no cenário do mercado de crédito é positiva, visto que possibilita a oferta de mais recursos de pagamento para os seus clientes, como o cartão private label. 

A WayUp disponibiliza para o lojista o WayCard, um cartão totalmente personalizado para as necessidades do comércio varejista e que auxilia na concessão de crédito para clientes. 

Aproveite essa oportunidade para o seu negócio, saiba mais sobre o WayCard e suas vantagens!